consultoria financeira,

15 de Março de 2018

Consultoria financeira: 6 dicas para aumentar o lucro dos clientes


A consultoria financeira que mais tem chances de aumentar sua carteira de clientes é aquela que oferece as maiores margens. Naturalmente, o grande desafio nesse mercado é encontrar respostas para a dúvida de como aumentar o lucro dos clientes. O domínio pleno das técnicas e dos diferentes tipos de investimento tem grande importância, mas não é o bastante.

Então, como aumentar o lucro dos clientes? Existem diferentes respostas para essa questão. Felizmente, são complementares e podem ser aplicadas pela sua consultoria. Este artigo reúne seis técnicas e ferramentas que vão lhe ajudar nesse desafio constante do mercado financeiro.

 

1. Mostre confiança a seus colaboradores

Uma empresa que trabalha permanentemente com movimentações de capital precisa valorizar também seu capital humano. Os colaboradores são o motor de uma consultoria e o elo entre empresa e clientes.

Cada funcionário precisa se sentir confiante para oferecer bons produtos a seus clientes e ajudá-los a potencializar os ganhos. Para isso, os gestores devem capacitar sua equipe com informações atuais e boas ferramentas de trabalho. Se faltar confiança aos consultores do seu time, esse sentimento vai transparecer para as pessoas atendidas por eles. Quando isso acontece, há uma retração para novos investimentos e fica muito difícil aumentar o lucro dos clientes.

Antes de pensar em maximizar os ganhos dos clientes, pense em oferecer um atendimento excepcional. Consultorias que fazem isso terão mais condições de melhorar os ganhos de seus clientes. Isto porque eles estarão mais abertos a novas oportunidades à medida que sentem confiança nos colaboradores.

 

2. Eduque seus clientes

Fazer algo de forma forçada dificilmente dá certo. Muitos clientes são receosos em se aventurar no mundo dos investimentos, por isso preferem ficar no “feijão com arroz”. Os consultores da sua empresa devem ser pacientes em situações como essa. Do contrário, não conseguirão aumentar o lucro dos clientes.

A receita é paciência com proatividade. Não adianta ter uma atitude dura e reativa diante de clientes pouco afeitos a novas oportunidades. Cabe à consultoria oferecer uma base de informações técnicas que validem essas opções com maior potencial.

Educar os consumidores é uma tendência em diferentes segmentos, inclusive na área financeira. Isso ajuda a estreitar o relacionamento e também demonstra seriedade por parte da empresa, que não quer apenas empurrar soluções duvidosas a seus clientes. Atuar dessa forma lhe confere credibilidade e pode gerar um fortalecimento contínuo.

 

3. Valorize cada cliente

Muitas empresas caem na armadilha de menosprezar o potencial de clientes que consomem menos. No caso de uma consultoria financeira, essa tentação pode ser ainda maior, pois a relação com números e resultados é a essência do serviço prestado.

Em algumas situações, o desconhecimento por parte do cliente o deixa mais reticente em relação a novos investimentos. O medo de arriscar, por exemplo, pode ser um entrave para aplicações mais robustas. O papel da consultoria é amparar o cliente e muni-lo com informações técnicas. Ninguém tem a ganhar com uma atitude negligente ao menor sinal de um investimento modesto.

Empresas que valorizam seus clientes tendem a fidelizá-los e atrair novos clientes por meio de indicações. A receita é simples: trabalhe no convencimento de que investir mais é o caminho mais curto para potencializar os lucros.

Por falar em novos clientes, que empresa não deseja expandir sua base? Neste artigo do nosso blog, reunimos cinco estratégias eficazes que vão ajudar a sua consultoria a conquistar novos clientes.

 

4. Faça uma boa segmentação de clientes

Outra maneira de estreitar os laços com seus clientes para garantir maiores lucros no futuro é segmentá-los. Uma consultoria financeira pode ter diferentes perfis de clientes, por isso a distinção entre esses grupos faz grande diferença.

Existem pessoas mais conservadoras e outras mais propensas a riscos. Trabalhar nessa e em outras segmentações ajuda a limitar atritos na comunicação com seus clientes. Isso facilita a oferta de produtos próprios para cada tipo de investidor.

Segmentar seus clientes em diferentes grupos é positivo também na gestão pessoal dentro da empresa. Quando a divisão está bem organizada, o gestor de equipes passa a ter mais tranquilidade para delegar funções. Ele saberá, por exemplo, qual colaborador está mais apto a lidar com um cliente conservador para conduzi-lo a melhores escolhas.

Alguns clientes são menos pacientes em determinados momentos. Por isso, sua consultoria deve estar preparada para controlar urgências. Clique aqui e saiba como fazer isso.

 

5. Invista em tecnologia

Profissionais das ciências econômicas têm pleno domínio sobre bons investimentos. O crescimento de uma consultoria passa pela audácia de seus líderes em buscar soluções criativas. Isso nem sempre é possível apenas com boas ideias. Aplicar parte dos lucros é uma atitude saudável.

O grande ponto: onde investir? Os velozes avanços tecnológicos têm beneficiado os mais diversos segmentos, inclusive o mercado financeiro. Existem aplicativos e soluções que podem beneficiar seu planejamento e o relacionamento diário com os clientes. Muitas dessas ferramentas podem ser incorporadas de forma coletiva, com um incentivo para que os colaboradores passem a adotá-las. Vale lembrar que alguns dos aplicativos são gratuitos.

Mas lembre-se de que os investimentos em tecnologia não devem se restringir a produtos diretamente ligados ao mercado. Adotar um software de produtividade, por exemplo, gerará grandes resultados.

 

6. Aumente a produtividade da sua equipe

Se os colaboradores da sua empresa renderem mais, naturalmente seus clientes vão potencializar seus ganhos. É papel do gestor de equipes buscar ferramentas e técnicas para elevar a produtividade de seus subordinados.

Existem algumas formas para fazer isso, inclusive adotar uma ferramenta pensada para melhorar a gestão do tempo. Um consultor financeiro sabe melhor do que ninguém que um bom investimento sempre vale a pena. É o caso de um software focado na melhoria de produtividade.

O dinheiro destinado à contratação de uma ferramenta de gestão de equipes se converte rapidamente em elevação dos resultados. A conta fecha a partir do momento em que os colaboradores passam a render mais e gerar mais valor para a consultoria e seus clientes. Logo, forma-se um ciclo virtuoso que leva à captação de novos clientes à medida que a empresa ganha respeito no mercado.

Agora, a pergunta de 1 milhão de reais: qual software oferece o melhor custo-benefício para sua consultoria e ajuda a aumentar o lucro dos clientes? Descubra neste link.




Deixe seu comentário