cultura empresarial,

agosto 18, 2016

Saiba como medir o nível de cultura empresarial no seu negócio


Para todas as empresas, o nível da cultura empresarial representa um fator importante para o crescimento do negócio e o aumento da produtividade. Também chamada de cultura corporativa, ela envolve uma série de valores, crenças, formas de relacionamento e gestão e muitos outros elementos.

No post de hoje, você vai aprender a medir o nível de cultura empresarial do seu negócio e entender como isso pode trazer resultados positivos para sua equipe. Confira!

Identifique pontos fortes e fracos

A avaliação adequada da cultura empresarial possibilita identificar pontos fortes e fracos do seu negócio. É possível saber onde é preciso fazer melhorias e quais as mudanças necessárias.

Avalie o que é preciso mudar

Talvez sejam necessárias inovações, inciativas mais arrojadas que acompanhem as mudanças no mercado e deixem de lado os métodos mais ultrapassados de fazer as coisas.

A colaboração entre os funcionários talvez não seja suficiente para garantir uma eficiente integração entre os setores e o melhor desenvolvimento das atividades. Talvez seja preciso maior solidarização no ambiente de trabalho, já que um dos importantes elementos de uma cultura organizacional é a conscientização de que somente o trabalho coletivo unificado pode garantir os melhores resultados para todos.

Reveja sua própria cultura

Mesmo que alguns possam achar que em sua empresa não existe uma cultura, é um grande engano. Ela pode não ter sido planejada, ter se desenvolvido ao acaso, sem métodos e nem ordem — ainda assim ela existe.

Contudo, uma cultura organizacional mal definida só servirá para atrapalhar o desenvolvimento do negócio, na medida em que não existe um clima organizacional saudável para o desenvolvimento das atividades, o planejamento estratégico e a elaboração de metas.

Seja engajado

Para que a cultura empresarial seja definida e cumprida, é preciso engajamento da parte de todos os funcionários e gestores, incluindo o CEO.

O exemplo dos gestores certamente é um importante agente motivacional para todos os funcionários. É necessário criar um ambiente propício ao trabalho de todos, onde exista um relacionamento salutar entre os membros dos mais diversos graus hierárquicos. O bom relacionamento influi positivamente no aumento da produtividade.

Fique atento aos elementos da cultura organizacional

Já se falou sobre a importância de determinados elementos para a formação da cultura empresarial. Veja quais são eles:

  • Relacionamento entre as pessoas (liderança, funcionários, clientes, fornecedores, investidores);
  • Visão estratégica do CEO;
  • Natureza e histórico da empresa (que tipo de atividade desenvolve e há quanto tempo ela atua no mercado);
  • Normas da organização;
  • Métodos de controle;
  • Divisão de tarefas;
  • Sistema de recompensas e outros incentivos da gestão;
  • Estratégias de marketing e relacionamento com os canais de divulgação (redes sociais, imprensa);
  • Formas de contratação etc.

Meça o nível da cultura empresarial por meio de feedbacks

O primeiro passo para realizar uma correta avaliação do nível da cultura organizacional é ser honesto. Avalie a cultura corporativa conforme ela realmente se apresenta e não como você desejaria que ela fosse ou como ela foi no passado. Vale a pena consultar referências sobre o assunto, como livros que abordam o tema e até mesmo a cultura de outras empresas de sucesso: modelos em que se inspirar são importantes para definir sua cultura, bastando apenas fazer os ajustes necessários ao perfil da sua empresa.

Você também pode usar os feedbacks como aliados para medir o nível da cultura empresarial. Receber e passar esses retornos vai ajudar a identificar com rapidez e precisão pontos favoráveis e negativos em vários aspectos da sua empresa: metodologia de trabalho; gerenciamento; relacionamento com clientes e fornecedores; opinião do público em geral; acompanhamento das inovações tecnológicas e dos novos recursos e estratégias de mercado etc.

Examine as competências dos funcionários

Outra forma de medir o nível da cultura corporativa é avaliando as competências de todos os funcionários da empresa. Não se pode esperar uma cultura eficiente quando não se desenvolve eficientemente as habilidades dos funcionários.

O objetivo deve ser o de definir as melhores competências, aquelas necessárias para que a estrutura organizacional seja beneficiada. Independentemente do porte da empresa, sempre existirão diferentes competências que devem ser corretamente distribuídas entre os funcionários, conforme suas características e valores.

Caso os funcionários não estejam enquadrados nas devidas competências, é hora de realizar mudanças urgentes.

Verifique se existe comprometimento da parte de todos

Outra forma de medir a cultura empresarial é avaliando até que ponto existe compromisso da parte de gestores e funcionários e se eles estão aderindo aos princípios e valores dessa cultura — ou ela está servindo somente como fachada para encobrir a desorganização interna.

Já se falou sobre a importância do compromisso. Sem ele, não é possível levar adiante tudo que foi estabelecido por consenso (a cultura organizacional é resultado do trabalho de todos).

Alinhe as metas

Avalie o nível de sua cultura empresarial confirmando se há alinhamento de metas, de interesses e de funções. Ou seja, a cultura organizacional está contemplando a coerência? Todos os departamentos, funcionários, representantes de liderança estão visando os mesmos alvos, aqueles que são a finalidade principal do negócio?

A necessidade de alinhamento implica na identificação e atribuição de funções-chave para a aquisição dos objetivos comuns. Por isso, existe a necessidade de, antes de tudo, definir competências, pois elas são essenciais no processo de distribuição de tarefas e funções estratégicas que permitam e facilitem para a empresa o alinhamento das metas ao planejamento estratégico e à cultura organizacional.

Avalie o desempenho individual e da equipe

Um dos maiores benefícios da cultura organizacional é o aumento na produtividade. Por isso, ao avaliar esse quesito é possível medir o nível da cultura de sua empresa. Como dissemos, a produtividade depende do desempenho individual e da equipe.

Para um time produzir (seja em atividades de gestão, seja em atividades operacionais) é fundamental que cada um faça sua parte, realizando corretamente sua função conforme os valores definidos pela cultura corporativa.

Mas não basta que cada um exerça bem sua própria função; é preciso trabalhar em conjunto, ser tolerante e entender que depende de outros para que o trabalho seja produtivo.

E você, está preparado para medir o nível de cultura empresarial do seu negócio? Tem mais dicas ou dúvidas? É só comentar no espaço abaixo. Participe!




Deixe seu comentário