produtividade,

30 de novembro de 2021

Como calcular horas trabalhadas?


Todo funcionário não vê a hora de consultar seu saldo mensal e constar que seu salário foi depositado. Mas para que isso seja possível, uma equipe trabalha de forma eficiente nos setores de RH e de Finanças. Porém, muitas empresas apresentam muitas falhas nos cálculos salariais.

Por isso, antes de realizar o pagamento, é preciso saber como calcular horas trabalhadas para que seus colaboradores fiquem satisfeitos e o seu negócio garanta mais credibilidade no mercado. Assim, você poderá sempre contar com ótimos profissionais.

Pensando nisso, decidimos criar um artigo especial sobre te ajudar a não errar mais nos cálculos. Confira!

Os novos formatos de trabalho e porque é importante acompanhar horas trabalhadas

Após a Reforma Trabalhista realizada em 2017, o mercado de trabalho tem se aquecido com novas opções, naquilo que a lei ampara. Logo em seguida, ocorreu a pandemia que fez com que as pessoas se reinventassem em todos os setores.

Assim, a forma para calcular os salários também sofreram algumas alterações. Mas antes vamos falar sobre alguns destaques que não podem ser ignorados.

Home office

Conforme as normas da CLT, este formato de trabalho não está sujeito, de modo obrigatório, à jornada de trabalho convencional de 40 horas semanais. Em sua maioria, a gestão de trabalho passa a ser monitorada por meio das tarefas realizadas.

Quer dizer que o colaborador pode ter uma rotina flexibilizada conforme com suas ocupações que necessitam ser executadas, desde que efetue sua atribuição de acordo com o estipulado. Por outro lado, não existe estimativa para o pagamento de horas extras, na ocorrência de o funcionário romper as 40 horas semanais de trabalho para enviar suas tarefas.

Todavia, é viável que o gestor e o colaborador entrem em um acordo individual em relação ao controle das suas horas, que também pode ser calculado por meio das diretrizes coletivas. Para isso, existem dispositivos para ajudar na gestão do home office, como por exemplo anotar horários de entrada e saída. 

É essencial que fique transparente em contrato a forma do funcionamento do trabalho para assegurar os deveres e direitos do colaborador e do gestor.

Autônomos

Caso você seja motorista da 99, Uber ou outra ferramenta de serviço similar, então você conta com a liberdade de realizar a sua própria rotina. Isto é, as organizações de transporte privado não pedem que você execute uma jornada de trabalho ininterrupta, como 8 horas diárias ou demandam alguma forma de escala de trabalho, como 12×36.

O horário é você quem controla. Você pode realizar uma jornada de 5 horas na quarta-feira e na quinta-feira, 7 horas e na sexta-feira se ausentar, pois o colaborador não recebe por horas trabalhadas e sim pelo serviço ofertado. Por exemplo, a cada entrega de um sanduíche receber R$ 5,00.

Porém, é essencial guardar suas anotações de horas trabalhadas. Mesmo que seja para si próprio, assim, você saberá corretamente qual números de horas foram realizadas em um determinado período, além do seu tempo de descanso e almoço.

Jornadas parciais

Neste formato contratual, depois da alteração legislativa, foi aberta a possibilidade da remuneração de um salário proporcional ao colaborador que tenha sido contratado previamente, e execute uma rotina diária parcial.

Por exemplo, um funcionário que trabalhe uma jornada de 20 horas semanais agora poderá ser gratificada com meio salário-mínimo, isso não era permitido o que não era admitido antigamente.

3 vantagens de saber como calcular horas trabalhadas

Todo serviço bem feito gera uma vantagem para o seu negócio. Dessa forma, veremos três benefícios ao executar seus cálculos das horas trabalhadas. Veja abaixo!

Garante maior controle e comparação de projetos e equipes

Diversas organizações baseiam-se na atuação eficiente das tarefas para que possam enviar projetos e obedecer com os prazos acordados. Assim, uma das melhores maneiras que descobriram para auxiliá-las nessa função foi por meio do apontamento de horas.

Essa é uma ótima prática de gestão, pois possibilita observar o tempo que os profissionais têm levado para cumprir com suas tarefas no decorrer da jornada.

Segurança para ambos os envolvidos na relação de trabalho

Ao realizar o acompanhamento das horas de jornada, a relação entre colaborador e gestor se equilibra. Desse modo, o profissional tem a segurança de que não está sendo sujeito a jornadas massivas e de que é remunerado conforme o acordo de contrato.

Em contrapartida, o contratante pode estar certo de que os colaboradores estão respeitando a jornada de modo correto, seguindo à nova legislação. Assim, eventuais penalizações por descumprimento da lei, ações judiciais e os conflitos trabalhistas são minimizados, colaborando ao gestor saber melhor como calcular horas trabalhadas de modo eficaz.

Aumento da produtividade

Em relação ao operacional, controlar as horas trabalhadas também tem um efeito favorável no assunto da produtividade empresarial. Quando se acompanha a carga horária de cada profissional, fica mais evidente constatar falhas e ocorrências que impactam no rendimento, como atrasos, ociosidade, prolongamentos na jornada e absenteísmo.

Dessa maneira, a instituição que faz a gestão de modo assertivo a jornada de trabalho dos seus colaboradores, com certeza, pode adotar uma jornada mais organizada. Isso possibilita beneficiar-se melhor das horas de trabalho no decorrer do ano, mês ou dia.

Onde calcular horas trabalhadas na prática?

As horas de trabalho podem ser calculadas manualmente, mas o método preferido é usar um software focado em gestão de tempo. 

Ferramentas para monitorar as horas dos funcionários

Aqui estão mais algumas maneiras aceitáveis ​​de controlar o tempo:

  • Cartões de ponto;
  • Relógios de ponto;
  • Calculadoras de relógio de ponto;
  • Software.

Como calcular horas trabalhadas?

Para elaborar o cálculo, é necessário entender qual é o valor salarial e a carga horária por semana. Normalmente, é estimado para a soma da hora do mês formado por 5 semanas.

Então, se o expediente de trabalho na sua organização é de 40 horas semanais, de segunda-feira à sexta-feira, temos um total de 200 horas mensal (hora/semana x semanas/mês = hora mensal — 40 x 5 = 200). Supondo que o pagamento do colaborador seja de R$ 3 mil. Dividimos o salário mensal por 200 e temos o valor do salário-hora que, no caso, é de R$ 15,00.

Mais um exemplo, no caso do formato 12 x 36 horas, a divisão muda para 180 (hora/semana x semanas/mês = hora mensal — 36 x 5 = 180). Assim, basta realizar a divisão salarial por 180 para alcançar o valor do salário-hora. Para um salário de R$ 3 mil, o salário-hora será de R$ 16,66.

Conte com a ajuda do Software Neotriad para fazer a gestão de tempo e entender como calcular horas trabalhadas

Por fim, ao saber como calcular horas trabalhadas, você consegue atrair melhores colaboradores, melhorar projetos e alavancar os negócios. Portanto, nossa recomendação final é: não ignore todo esse processo.

Precisa organizar melhor o seu tempo tanto na vida profissional quanto pessoal? Então conheça hoje mesmo o Software Neotriad e experimente por 14 dias gratuitos.

Banner-Teste-Neotriad-Pessoal




Deixe seu comentário

TESTE GRÁTIS POR 14 DIAS!

E prove como é ter seu tempo organizado e você voltado para o que realmente importa.



produtividade,

© Todos os direitos reservados - Neotriad S/A.