carreira,desenvolvimento,empreendedorismo,Gestão de equipes,liderança,produtividade,

12 de março de 2020

Sono e produtividade: como dormir bem para render mais


Você conhece a relação entre sono e produtividade? Dormir bem tem um efeito muito poderoso sobre o nosso organismo, o que se reflete também na disposição que temos para desempenhar as atividades do dia a dia. 

Sono e produtividade têm tudo a ver, por isso devemos nos acostumar a uma rotina saudável de descanso. O primeiro passo é abandonar aquela ideia batida de que pessoas produtivas são aquelas que trabalham exaustivamente em busca de resultados. Produtivo é quem faz o seu tempo render mais. Para isso, é fundamental dormir bem. 

No post de hoje, explicamos a relação entre sono e produtividade e apresentamos as dicas essenciais para você dormir adequadamente. 

(Leia também: Conheça 4 caminhos para uma vida livre de estresse

Por que sono e produtividade caminham juntos? 

Pessoas que dormem bem tendem a ser mais produtivas por uma questão biológica. O repouso diário é necessário para que o corpo recarregue as suas baterias para o dia seguinte.  

Quando o sono é insuficiente ou de baixa qualidade, é normal que passemos o dia seguinte em um estado de maior moleza e fadiga. Isso acontece por que o descanso não foi o bastante e o corpo ainda precisa se recuperar. 

Quem dorme mal, portanto, não tem a mesma condição de executar as suas atividades pessoais e profissionais. Pode cometer erros bobos por desatenção ou se esquecer de determinada entrega, por exemplo. 

Por outro lado, noites bem dormidas são uma das chaves para elevar o nosso rendimento. Chegar bem disposto ao trabalho é o primeiro passo para uma rotina produtiva e cheia de resultados. 

Como o gestor de equipes deve lidar com esse tema? 

Líderes costumam acumular atribuições relevantes dentro da empresa, mas é recomendável que eles não levem os problemas para a cama. O ideal é descansar bem para estar disposto para comandar a equipe no dia seguinte. Lembre-se que um time costuma ser contagiado por seu líder, positiva ou negativamente. 

Em relação aos colaboradores, o gestor de equipes tem certos limites em relação a questionamentos que extrapolam o ambiente de trabalho. Porém, quando alguma pessoa demonstra cansaço ou desatenção muito acima da média, é válido puxar uma conversa para compreender a situação. Não raro, a queda nos resultados individuais tem a ver com uma rotina de sono pouco regrada. 

5 dicas para você dormir melhor 

Estabelecer uma rotina de sono inteligente é mais simples do que parece, mas requer método. Preparamos uma lista com cinco dicas para quem deseja dormir melhor para ter resultados cada vez mais expressivos. Confira! 

#1. Entenda a necessidade do seu corpo 

Sabe aquele número mágico de oito horas de sono diárias para um adulto? Pois bem, esse índice médio é um bom ponto de partida para determinar quanto você deve dormir por dia, mas não podemos nos prender a ele. 

A necessidade de sono é algo que varia de pessoa para pessoa, por isso se indica que cada um entenda o seu próprio organismo. Tem gente que se sente bem dormindo apenas seis horas por dia, outros precisam de 10 ou 11 horas para estarem 100% no dia seguinte. 

#2. Siga uma rotina de sono 

Entender o quanto o seu corpo precisa de descanso por dia é um passo importante, desde que venha acompanhado de outra medida fundamental. O mais difícil é manter a disciplina e ir para a cama sempre no mesmo horário. Partindo do princípio que temos um horário fixo para acordarmos pelo menos durante a semana, é recomendável ter certo rigor sobre o momento de se deitar. 

Vamos supor que você defina 22h como o horário ideal para ir dormir. Procure adequar seus compromissos noturnos a essa rotina para não criar falhas durante a semana. Nada de atividades intensas às 21h, por exemplo, ou um jantar muito pesado no mesmo horário. 

Vale destacar que uma noite mal dormida pode se refletir por até três dias em seu desempenho mental

#3. Crie o ambiente ideal 

Dormir é um ritual – talvez o mais importante para a saúde. Não é apenas se deitar e repousar por algumas horas. A preparação para o sono de qualidade faz toda a diferença. 

Procure criar um ambiente que transmita tranquilidade e permita que seu sono seja verdadeiramente reparador. A claridade, por exemplo, é uma inimiga conhecida. Por isso, cortinas que vedem bem a entrada de luz são muito bem-vindas. Caso a sua casa seja muito exposta a barulhos externos, considere a aquisição de janelas anti-ruído. 

Não menos importante é a cama! Busque conforto na medida do possível e evite utilizar a cama para várias outras atividades como trabalhar e comer. Esse cuidado faz com que o cérebro compreenda a cama como o lugar sagrado para o repouso e entre com mais facilidade em uma marcha lenta que favoreça o sono pleno.  

#4. Evite o contato com o celular e com outras telas 

Telas como celular, tablet, televisão e computador emitem uma luz forte que deixa o nosso cérebro em um estado de excitação. Por conta disso, ficar em contato com alguma tela pouco antes de se deitar torna mais difícil a tarefa de pegar no sono e pode também prejudicar a sua qualidade. 

Uma boa dica é deixar o celular fora do seu alcance para evitar aquela tentação de checar notificações a todo momento. Que tal trocar o dispositivo por um livro pelo menos uma hora antes de se deitar? 

#5. Mantenha-se em movimento 

A nossa dica final é bastante ampla e impacta positivamente a saúde de diferentes maneiras. Adotar uma rotina de exercícios físicos é uma decisão inteligente do ponto de vista do sono de qualidade, pois ajuda a criar a sensação de cansaço quando nos deitamos. Isso é ainda mais relevante para pessoas com insônia ou outros distúrbios que prejudicam o repouso. 

Se manter em movimento não significa se tornar atleta do dia para a noite. Caminhadas de 20 a 30 minutos são um exemplo de atividade leve que contribui para a saúde do nosso organismo e para o sono. 

Um ponto de atenção é o momento em que o exercício é realizado. Caso seja algo mais intenso como corrida, o ideal é não praticar pouco antes da hora de dormir. Isso porque o corpo precisa de algumas horas para reduzir o estado de atenção que uma atividade pesada demanda. 

Seja mais produtivo em todos os sentidos! 

É importante compreendermos a relação entre sono e produtividade para uma vida mais plena. Porém, não basta dormir bem e ter hábitos que fazem você gastar o tempo inadequadamente. Uma das maneiras de se tornar mais produtivo é utilizar a tecnologia a seu favor. Conheça agora mesmo o software Neotriad e faça um teste gratuito durante duas semanas!




Deixe seu comentário