carreira,colaboradores,desenvolvimento,liderança,produtividade,

2 de julho de 2020

Liderar na Crise: Como conduzir a gestão em tempos incertos


A pandemia do novo coronavírus forçou empreendedores e gestores a repensar todas as suas ações. Liderar na crise não é algo simples e envolve uma série de medidas emergenciais e outras adaptações.

Se você também busca um caminho para liderar na crise com eficiência, é recomendável olhar para o todo e atacar em diferentes frentes. No post de hoje, apresentamos algumas das iniciativas que são promissoras e contribuem para uma melhor gestão dessa situação difícil em que as empresas e a sociedade como um todo se encontram nesse momento.

Mantenha a serenidade e a confiança

O líder é o condutor de uma equipe ou de uma empresa, e isso tem um peso maior do que imaginamos. É essencial que quem está no comando se mantenha sereno e confiante mesmo diante de situações de dificuldade.

O primeiro passo para liderar na crise de forma competente é não sair do eixo. Se você se manter confiante, isso será sentido por todos os envolvidos e, com todos unidos, a empresa terá mais condições de superar a tormenta.

Caso você perceba dificuldades para manter a serenidade nesses tempos, busque formas de lutar contra isso. Meditação, leitura e atividades físicas são algumas das formas de seguir firme durante uma crise.

(Leia também: Dicas de liderança: 4 traços fundamentais de líderes confiantes)

Evite o colapso do sistema

Em tempos de pandemia, muito se ouviu falar em um possível colapso do sistema de saúde, que aconteceu em algumas partes do mundo. Dentro da empresa, é possível fazer um paralelo com esse aspecto. O líder deve estar sempre ligado para se prevenir contra um eventual colapso.

Mas o que seria um colapso? Uma quebra da empresa?

Não é preciso ir tão longe para considerar um colapso do negócio. Quando os colaboradores deixam de produzir e sua insegurança passa a comprometer as atividades, o sinal vermelho deve ser acionado. É natural que as pessoas fiquem instáveis durante crises tão duras, o que leva à perda de confiança em processos, sistemas e na empresa de forma ampla. 

É papel do líder transmitir para seus subordinados uma mensagem firme e positiva mesmo em cenários muito desfavoráveis. Não se trata de mentir ou omitir, mas de encorajá-los e engajá-los para que todos remem para o mesmo lado nesse momento.

(Leia também: Crise empresarial: 7 iniciativas para superar a tormenta)

Entenda o tamanho do problema

Manter o time coeso e esperançoso mesmo diante de um cenário de incerteza passa também pelo entendimento real do problema. É preciso que o seu time enxergue o líder como alguém capaz de interpretar o que está acontecendo e de propor soluções.

Entender o tamanho do problema envolver uma análise do mercado e do seu negócio de forma bem analítica. Como uma pandemia afeta o seu negócio? Os seus insumos deixam de chegar? Os clientes param de comprar? O serviço que você prestava fica interrompido?

Faça uma lista de todos os aspectos que compõem o panorama para, então, propor soluções com a colaboração dos funcionários.

Se prepare para o cenário mais catastrófico

Em geral, podemos fazer prognósticos com uma base otimista, realista ou pessimista. Claro que há nuances, mas dividir assim em três pontos de vista faz bastante sentido.

Diante de uma crise, o cenário realista já parece negativo o suficiente, pois tudo parece mais difícil. O panorama desenhado sobre o tamanho do seu problema, por mais exato que seja, pode falhar caso aconteça algum imprevisto. Uma dica é tomar atitudes que levem em consideração o pior cenário possível.

Não se trata de torcer contra o próprio negócio, mas de ter os pés no chão e entender que a crise é séria. Trabalhar com o cenário pessimista permite algumas vitórias ao longo do processo, quando as coisas saem melhor do que o projetado. E essas conquistas, ainda que pequenas, ajudam a dar combustível para todo mundo seguir em frente em direção a novas vitórias, até uma superação definitiva da crise.

(Leia também: Planejamento estratégico: como superar seus desafios com Neotriad)

A ferramenta para liderar na crise e fora dela

Tempos difíceis são oportunidades para que a gente incorpore novas ferramentas no dia a dia corporativo. Com um investimento bem baixo, é possível ter um retorno significativo nos processos e rotinas produtivas. Se você quer liderar na crise e também quando ela passar de forma eficiente, vale a pena conhecer o Neotriad. O software foi criado para aperfeiçoar a gestão de equipes e potencializa a produtividade de todo os time. Organize melhor seus projetos, tarefas e processos do seu negócio para que todos os colaboradores atuem a todo vapor. Faça um teste gratuito na ferramenta durante duas semanas, comece agora mesmo!




Deixe seu comentário